10 de mai de 2007

Se não fosse por você

A noite passa.
Aves notívagas dão lugar
ao belo canto de pardais
Belas estrelas, lua de prata
e escuridão - não mais.

O dia passa.
Vai-se o embaçado olhar,
vem o cheiro do alho.
Chega a hora de parar,
e para isto, não falho.

A tarde passa.
O ritmo forte, constante,
cede à preguiça inerente.
A luz toda já foi 'bora.
O frio chega, de repente.

Noite, dia, tarde, noite.
Tarde, noite, dia, tarde.
A semana é um açoite.
Mas amor, em meu peito, arde.

Alegria, pois, alegria!
O fim de semana está na cidade!
(tã, tã nã nã, ta nã nãããã....)

2 comentários:

Mila disse...

Ê!!!
:D
Tá chegando!!!
:D
Beijos!!!

Pedro disse...

It will be mine.
Oh, yes!
It will be mine.