22 de out de 2007

Trailer

Seu Evilásio era um homem comum.

- Uahhh... Cinco e meia já?


Ele tinha um carro comum, um trabalho comum.

- Bom dia, chefe!


Ele tinha amigos comuns, e uma vida comum.

- Fala, Evil!
- E aí, cara!


Tudo na vida de Evilásio era comum.
Tudo, exceto por uma coisa.

... Ele não era um inquilino comum.

- Mas Sr. Barriga, se eu largar o Totó por aí, o que será dele?


Neste verão...

- Ô Evilásio! Abaixa o som, ninguém gosta de funk carioca aqui em cima!
- Ora, Dona Geralda, abra seus horizontes musicais!


... prepare-se para ficar...

- Sr. Evilásio, a vizinhança está reclamando muito, vou ter que cancelar o nosso contrato de aluguel.
- Não seu Barriga, por favor! Eu te dou um... um spa de presente! O que acha?


... de saco cheio.

- Ô seu Evilásio! Pára de sapatear aí em cima, tá fazendo uma barulhada aqui embaixo!
- Lá lá lá, eu sou o Gene Kelly...


RESIDENTE: EVIL.

- O que foi? Não gostou do spa?


Em dezembro nos cinemas. (Na verdade, não.)

[Tudo porque uma vez estávamos no Minas Shopping e o filme em cartaz era Resident Evil. Só que tinha uma letra a mais, e isso foi a inspiração.]

6 comentários:

Ana disse...

ahahahahaha... adorei!

Vcs lembram quando a gente ia fazer um filme? Sobre o que era mesmo?

Pedro disse...

Putz...
Bem, parece que esse ia ser melhor que o Resident Evil. :)

Pedro disse...

Só eu e a Ana que comentamos por aqui?
Tá com a moral baixa, hein?
Hehehehe

Gude disse...

Ou eu só escrevo coisas altamente condensadas e resumidas e de alta aceitação que ninguém discorda de nada ou tem algo a completar, ou então eu só escrevo coisas que não merecem comentários por serem totalmente nada a ver.

De qualquer forma, nada saudável para o ego de um blogueiro. :)

Daemon disse...

sqkoj. Ou nao

Lord Broken Pottery disse...

Passo por aqui, para desculpar-me pela confusão e dizer que gostei muito do que li. Voltarei mais vezes.
Grande abraço