19 de set de 2005

A Barra

Ela vai daqui até aquela parede.
Não, daqui até aquela outra parede.

Talvez não. Daqui até a porta do corredor.
Melhor: daqui até a porta da rua.

Não sei, daqui até a rua?
Daqui até aquele poste lá fora?

Daqui até aquela casa do outro lado da rua.
Não, não, a outra casa.
Talvez aquele prédio.
Aquele lá no fundo. Fica no outro bairro.

É, isso, daqui até aquele outro bairro.
Mais longe, o outro.
Ou ainda até aquela cidade.

Daqui até lá do outro lado do país.
Ou até aquele outro país, melhor.

Até aquele planeta.
Aquela estrela.
Aquela galáxia...

Hmm, já sei: daqui até o seu coração.

10 comentários:

Pi disse...

Que barra, hein!...
;)

rocks disse...

Ei! Isso é o que eu ia dizer!

Babi disse...

Muito lindo!

Gude disse...

Pi e Rocks: que barra, hein? :)
Babs: Why, thank you... Às vezes a gente consegue, né?

Ana disse...

Eita Gude romântico!
De derreter o coração, viu?

Daemon disse...

Ficou muito bom.

Babi disse...

Resta saber até o coração de quem...

Gude disse...

Não é uma resposta óbvia... Nem ao mesmo uma única resposta. Uma delas: Warner -> Diminutivo -> Rosa -> Original -> Apenas o primeiro. Outra: Círculo -> Raio -> Diâmetro -> Comprimento -> Razão.

jujefov! Hihi! :)

Gude disse...

Onde lê-se "Nem ao mesmo" leia-se "Nem mesmo". Ignorem a preposição. :P~

Daemon disse...

Hmm...
srgmqowd!