1 de set de 2005

(In)direta

Foi quando eu me sentia mais preparado. Quando eu pensava que estava dando tudo certo, e que tudo estava caminhando da maneira que todos esperamos.

Aí vem você, como um furacão, revirando tudo o que eu custei a organizar.

Você tinha que estar tão linda ontem? Tinha? Tinha que me jogar sorrisos que me desorganizavam os pensamentos?

Tudo em você era lindo ontem. Seu cabelo, seu sorriso, sua mão, seus culotes, seus seios, seus olhos, suas idéias, sua intranquilidade, sua revolta, seu papo, seu silêncio, seu canto, suas maçãs do rosto, sua indignação, sua indecisão, sua maturidade, sua metamorfose...

Ontem descobri que, quanto mais mulher você se torna, mais você se torna linda pra mim.

Quando o seu ônibus chegou, eu desejei com toda a força que ele ficasse lotado, pra que você pudesse ficar com preguiça e pegar o próximo. Mas você se levantou. Então eu desejei com toda a força que acontecesse alguma outra coisa que te impedisse de pegar aquele ônibus.

Mas quando você me deu o abraço de despedida, aí caiu a ficha e voltei à realidade. Então, a única reação que tive foi te abraçar de novo.

Ainda fiquei uns cinco segundos te olhando ir em direção ao ônibus. Pareceram minutos. E quando você sumiu atrás da placa de publicidade, comecei a tomar o meu caminho, mas fazendo força, apertando os olhos, com os punhos cerrados, tentando segurar a bomba atômica que você tinha acabado de detonar em mim.

Dizem que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar. Pode ser, mas o cupido acerta duas vezes no mesmo lugar -- com a mesma flecha. E dessa vez, ele acertou em cheio...

Mas eu já estou melhor, não se preocupe.

Não choro
Meu segredo é que sou rapaz esforçado
Fico parado, calado, quieto

Não corro, não choro, não converso
Mascaro meu medo,
Massacro a minha dor, já sei sofrer
Não preciso de gente que me oriente
Se você me pergunta: como vai?
Respondo sempre igual: tudo legal

Mas quando você vai embora
Movo meu rosto no espelho
Minha alma chora...
- Mal Secreto [Waly Salomão e Jards Macalé]

3 comentários:

Daemon disse...

20 seguido de 20... morte instantânea! ;P

rocks disse...

c'est amour, mon ami

Ana disse...

Nó, arrebatador.
É bom quando as pessoas não perdem a capacidade de se encantar...
Tudo de bom viu, mocinho?