10 de mar de 2008

O Último Czar

Nunca entendi as críticas que se fazia a homens que possuíam gatos como animais de estiamação. Talvez machismo, ou talvez seja uma auto-afirmação: "homi que é homi tem pitbull". Nada contra os admiradores desses cães tão... "adoráveis", mas tem alguns que tem só porque "são homi". Talvez eles não se garantam sozinhos. Ah, e nada contra cães em geral também, eu particularmente gosto muito.

Enfim, o fato é que ter um gato diminui em um terço suas chances de ter um ataque do coração. O novo estudo sugere que o estresse dissipado por animais de estimação é bom para o coração.

Sim, eu disse "animais de estimação", não só "gatos".

O estudo ainda diz que os donos do "melhor amigo do homem" não precisam se preocupar. Apesar do estudo não apresentar nenhuma relação, isso provavelmente aconteceu porque não havia donos de cães suficiente no universo de pesquisados para se tirar uma conclusão.

"Ansiedade e estress psicológico estão intimamente relacionados a eventos cardiovasculares", diz a reportagem. Quem me conhece sabe que eu sou o rei, o primeiro-ministro, o presidente e o CEO da paciência, portanto acho que não devo ter ataques do coração tão cedo. Talvez outros ataques, mas do coração, aparentemente... não.

Nenhum comentário: