7 de mar de 2008

O Paradoxo Bloguístico

Pesquisadores da Universidade de Tecnologia de Swinburne, em Melbourne, Austrália, descobriram que blogar é bom para a vida social.

Ok, eu não precisava de uma pesquisa para saber disso. A questão, principalmente em relação a este espaço que você lê, é o contrário. Será que não blogar faz mal para a vida social?

Tenho notado a coincidência (ou não) entre a freqüência baixa de posts e a freqüência baixa de mim mesmo nos meus círculos sociais. Tenho postado quase uma vez por mês, e tenho visto meus amigos menos do que eu gostaria.

A primeira é por falta de idéias, e a segunda pode ser por vários motivos, dentre eles excesso de trabalho e falta de tempo dos meus próprios amigos.

A matéria diz que "após dois meses de blogagem a sensação de apoio social e redes de amizades eram maiores do que em pessoas que não possuem blogs". Porém, também diz que "blogueiros potenciais estavam menos satisfeitos com suas amizades e se sentiam menos integrados socialmente, eles não se sentiam tanto parte de uma comunidade como as pessoas que não se interessaram em blogar".

Ou seja, quem não bloga já se sente mais integrado à sociedade, e quem bloga passa a se sentir mais integrado à sociedade. Quer dizer que, de qualquer jeito, estou integrado?

É. Fiquei confuso agora.

Nenhum comentário: