27 de jul de 2005

"I feel saudade of you"

Eu já compartilhei este "trapo" com muita gente, mas não todo mundo. E, a quem interessar possa, ei-lo. Talvez vocês façam bom proveito e teçam um maravilhoso vestuário a partir dele.

Um dia me perguntei porque os outros idiomas não tinham uma palavra que expressasse saudade como "saudade", da nossa língua portuguesa. O máximo que o inglês, por exemplo, consegue chegar é "I miss you", que significa "sinto sua falta", ao pé-da-letra. Ora, sentir falta não é sentir saudade. E é exatamente essa diferença o motivo deste artigo.

Saudade é um sentimento bom. Sente-se saudade de coisas que com certeza voltarão. Exemplos: uma viagem longa pra um lugar muito distante, sente-se saudade dos amigos. Você vai voltar para seu lugar de origem, reencontrá-los. Sente-se saudade da família, sente-se saudade de pessoas que somem por um tempo.

Sentir falta é ruim, machuca, pesa. Sente-se falta de ex-namoradas, de pessoas falecidas, de lugares aos quais nunca se voltará. Aquela viagem pra Grécia, aquela sua ex-namorada que você nunca esqueceu, enfim, coisas que não acontecerão novamente (ou pelo menos presume-se que não, pois por um revertério do destino poderíamos voltar com a ex-namorada, por exemplo).

Pra mim, essa diferença é tão clara, tão cristalina que às vezes me pego indignado com o mau uso da palavra "saudade", um dos orgulhos da nossa língua mãe. Procurem frases sobre saudade na Internet, vocês verão que muitas delas expressam tristeza. Poucas são as que expressam saudade no sentido que coloquei aqui. Uma delas é uma das minhas favoritas, obviamente.

"Quando uma brisa leve tocar o teu rosto, não te assustes: é apenas a minha saudade que te beija em silêncio."
- anônimo


Agora, pra reflexão: estuda-se a adoção da palavra "saudade" para o inglês. E como seria expresso esse sentimento? "I have saudade for you"? "To you"? "I feel saudade"? "I am with saudade"?

Os não-falantes-do-português nunca entenderão.

2 comentários:

rocks disse...

Só, massa. A língua portuguesa é uma das mais expressivas mesmo.
Ao acaso, encontrei um "concorrente" seu: traposcoloridos.blogger.com.br/
:P Que coincidência!

Gude disse...

É, eu já havia visto. Mas é meio painha... Pelo menos eu achei. :)